ORCA DO FOLHADAL

Anterior

Página inicial        

   

 

 

 
 
 
 
 


 

 

    Monumento

    Designação : Orca do Folhadal

    Localização : Viseu, Nelas, Folhadal

    Descrição : Trata-se de uma ocupação inicial da área onde se veio a construir entre finais do V milénio e inícios do IV milénio A.C. o Dólmen do Folhadal.

    O habitat era constituído pelo menos por duas cabanas de planta oval das quais se conservaram parte dos pisos e buracos de poste que sustentavam a estrutura edificada. Numa das cabanas identificou-se uma estrutura de combustão, certamente uma lareira.

    Nas terras que constituíam a mamoa que cobria o dólmen foram recolhidas três lascas, uma lamela, e uma lâmina de quartzo. Estes materiais poderão ter pertencido às populações que habitaram as cabanas antes do local se ter tornado em espaço funerário.

    As escavações vieram demonstrar que esta região já era povoada por grupos cuja unidade fundamental era a família, num período anterior à construção dos primeiros túmulos megalíticos. Estas populações apesar de terem uma economia baseada na caça e recolecção, exercida essencialmente no território que controlavam, já praticariam uma agricultura incipiente associada ao pastoreio.

    A Orca do Folhadal apresenta uma estrutura arquitectónica com uma câmara poligonal com nove esteios e um corredor curto com dois esteios de cada lado